sexta-feira, 15 de abril de 2011

KALED CURI: "TRABALHO E DEDICAÇÃO AO BOXE BRASILEIRO"

Fonte: Boxing Magazine
Autor: Michel Alvarenga

Link do Twitter: http://twitter.com/boxingmagazine
Link de Mensagem Twitter: @boxingmagazine


 
Kaled Curi: “Trabalho e dedicação ao boxe brasileiro”.
 
É muito fácil nos lembrarmos de quem está em evidência atualmente em nosso boxe. Na verdade não são muitos, mas os poucos que temos falamos. No entanto, acabamos cometendo uma injustiça gravíssima, que é esquecer de quem trabalhou há anos atrás para que o nosso boxe crescesse; homens que se dedicaram ao pugilismo dentro e fora dos ringues. Esse feito foi realizado por uma lenda de nosso boxe, Kaled Curi. “Beduíno” como era conhecido, Kaled Curi teve uma das carreiras mais lindas de um boxeador. Atuou por aproximadamente 20 anos como pugilista e após se aposentar dos ringues, não se aposentou do boxe, trabalhando para amigos e novos talentos. Alguns grandes do meio do boxe brasileiro assumem a posição que Kaled Curi, lutava tanto fora dos ringues em prol do boxe, que dentro dele não tinha tanta cabeça para enfrentar seus adversários. Talvez se tivesse de dedicado integralmente ao boxe profissional, teria sido o melhor boxeador brasileiro de todos os tempos, segundo o que li sobre ele. Três títulos sem muita relevância internacional foram conquistados por ele. São eles: Campeão Latino-Americano com amador e, profissionalmente, Campeão Brasileiros dos Leves e Campeão Sul-Americano na categoria dos Penas, no ano de 1947. Kaled além de boxear tinha que cuidar de sua carreira e da organização das lutas que participava. Publicidade, propaganda, organização do lugar do evento, parte burocrática, papéis a serem assinados, em fim... Tudo que envolvia os bastidores do boxe, Kaled tinha que cuidar, antes de entrar nos ringues. Com isso, acabou não obtendo tanto êxito dentro dos quadriláteros. Na verdade, desde aquela época já era do conhecimento da maioria dos brasileiros, o esforço que uma pessoa que queria ser pugilista tinha que fazer. Enquanto os seus adversários se preparavam, treinavam, tinham alimentações balanceadas e tudo que pode ajudar para uma boa performance, Kaled não gozava dos mesmo privilégios. Kaled Curi nasceu no dia 02 de setembro de 1925 e era de descendência turca. É natural de São Paulo e sua estréia oficial no boxe foi no dia 08 de março de 1940, na cidade de Jundiaí, com apenas – pasmem os senhores – 15 anos. Kaled Curi após se aposentar do boxe, tornou-se empresário de boxe. Antes de Luciano do Vale (com sua empresa Luqui) empresariar Adílson “Maguila” Rodrigues, quem cuidou da carreira do sergipano foi Kaled Curi. Ele organizava os eventos onde Maguila lutaria, e disso, diga-se de passagem, ele sabia bastante. Kaled tornou-se jornalista de boxe. Segundo o respeitado site sobre boxe, o Boxrec, Kalded disputou 44 lutas, venceu 27 delas, sendo 8 por nocaute, perdeu 11, empatou 6. A vida de Kaled Curi deveria ser exemplo para muitos que trabalham no meio do boxe atualmente. Talvez se tivéssemos mais uns dois ou três como Kaled, certamente tudo seria mais fácil para o nosso boxe. Infelizmente, hoje o que se vê dentro do nosso boxe não se pode comparar aos áureos tempos de Kaled Curi, Paulo Sacomã, Éder Jofre, Servílio de Oliveira, Miguel de Oliveira, Gibi, Miguel de Oliveira e tantos outros. Naquela época o boxe brasileiro era respeitado.

Bibliografia:
Livro: Boxe, Mitos e Histórias
Site: BoxRec

Comente!

Boxing Magazine - O Magazine do Boxe
Michel Alvarenga

Kaled Curi: "um homem a favor do boxe!"
Imagem: Livro - Boxe, Mitos e Histórias

Um comentário:

  1. Kaled Curi Junior3 de julho de 2012 05:37

    A família agradece a todos que valorizaram seu dedicado trabalho e informa que hoje, dia 3 de julho de 2012, será realizada a missa de sétimo dias do Kaled na Catedral Ortodoxa. Rua vergueiro, 1515 (ao lado do metro Paraíso).

    Abraços, Nancy Curi(filha saudosa.)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...